Apocalipse 16 - Deus Esperava Mais Lyrics
  • #
  • A
  • B
  • C
  • D
  • E
  • F
  • G
  • H
  • I
  • J
  • K
  • L
  • M
  • N
  • O
  • P
  • Q
  • R
  • S
  • T
  • U
  • V
  • W
  • X
  • Y
  • Z
  • Send a Lyrics

    Deus Esperava Mais

    [Intro]
    Bom Deus
    Bom Deus
    Ajuda-nos a fazer segundo o Seu consentimento
    P.Luo APC 16 com colaboração especial
    De Robson Nascimento

    [Verso 1: Pregador Luo]
    Quanto vale, me diz quanto vale a vida
    Não vale nada, hoje não vale nada a vida
    Ela é tirada do ventre em formação ainda
    Mãe homicida com agulha de tricô
    Mata o filho do pai que não representou, não trincou
    Conseqüência de uma noite de sexo sem amor
    E no calor da loucura sem rancor
    O nóia descarrega o tambor
    Bijuteria sem valor, mas custou sua vida
    O corpo nem esfriou e o nóia tá na brisa
    Novamente eu pergunto quanto vale a vida
    Não sei da sua, você que se decida
    Mas a minha custou caro pra deixar escorrer pelo ralo
    Sem intervalo, estresse dia e noite
    Graças a Deus já se foi o tempo do açoite
    Dos covardes do tronco e da corrente
    Gente que dizia que meu povo não era gente
    Humanos doentes cegados por poder
    Invejosos querem o que não podem ter
    Meus inimigos estão no poder
    Derramando sangue inocente
    Jesus sangrou crucificado por sua própria gente

    [Refrão: Robson Nascimento]
    Papai, perdoai, aqui ninguém sabe o mal que faz
    Incapazes de manter a paz
    Você partiu e não voltou mais
    Sei que Deus esperava mais
    A minha oração é essa
    Senhor volte depressa
    Andamos sem rumo, sujos, com sede
    O destino que traçaste pra nós com certeza não é esse

    [Verso 2: Pregador Luo]
    Noite escura sem lua, garoa fina
    Perfeita pra se prostituir em qual quer esquina
    Os caras e as minas vendem sexo por qual quer real
    Sonham com um futuro que talvez, nem se torne real
    Casa no litoral, suíte presidencial com lençol branco
    Em casa a mãe ta em pranto, o pai já nem chora mais
    Nessas horas é que se percebe que Deus esperava mais
    Do pai, da mãe, dos filhos surdos, omissos a lei do criador
    Pai que cresce sem amor, gera filho sem amor
    Despreze a vida, troque ela por dinheiro
    Cego que guia cego, cai no desfiladeiro
    Toma um banho no sangue do cordeiro
    Limpa a alma, o espírito, se lave por inteiro
    Dê dinheiro aos pobres e não pro joalheiro
    Viciado em soprar a vida pro ar, bate cinza no cinzeiro
    Whisky com gelo, bebeu o litro inteiro
    Uma corrida pra ver quem morre primeiro
    A vida é um dom de Deus
    E o ser humano não tem medo de perdê-lo
    Deus esperava mais dos seus próprios herdeiros

    [Refrão: Robson Nascimento]
    Papai, perdoai, aqui ninguém sabe o mal que faz
    Incapazes de manter a paz
    Você partiu e não voltou mais
    Sei que Deus esperava mais
    A minha oração é essa
    Senhor volte depressa
    Andamos sem rumo, sujos, com sede
    O destino que traçaste pra nós com certeza não é esse

    [Verso 3: Pregador Luo]
    Fique longe da prostituição, impureza, lascívia
    Idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias
    Ciúmes, iras, pelejas, dissensões
    Criminosas facções, invejas, bebedices e orgias
    Ou coisas semelhantes como mentira e traição
    Suicidas e racistas também podem ter nova vida
    Pois Jesus ainda pode esperar um pouco mais
    Ele bate em seu coração
    Será que você pode ouvir sua voz?
    Se estiver ouvindo deixe ele entrar, convida pra cear
    E seja um bom mordomo
    Se vencer a carne vai poder sentar no trono
    A vida é louca, mas quem tem ouvidos ouça, não se endureça
    Pois o espírito de Deus fala com a sua igreja
    Fala com seu templo
    E você é o templo, viva o novo tempo
    Pois é claro que Jesus também se entristece
    Pois jesus espera mais
    Espera que você seja mais amoroso
    Tenha mais gozo, mais paz
    Seja mais paciente, mais benigno
    Seja bom, seja fiel
    Deus espera mais, mais mansidão mais autocontrole
    Contra essas coisas não há lei
    Crucifique a carne para fazer viver eternamente o espírito
    Sem orgulho e sem inveja
    Vamos todos rumo à nova terra, onde todo mundo é igual
    Nova África celestial
    Aonde Deus ainda espera por você
    Deus ainda espera por você

    [Saída: Robson Nascimento]
    Papai, perdoai
    Perdoai, perdoai

      Comments

    There is no comment.
    Leave a Comment
    *Your comment will be published after approval.